INFORMAÇÃO IMPORTANTE
NÃO TEMOS MAIS TANGO AO VIVO

Uma sinopse e o que podemos chamar de sinônimo de tango

Gardel
Carlos Gardel - Franco / Uruguaio
Nasceu em 11-12-1890 e morreu em
24 -06 -1935 em acidente aéreo em Medellín, Colômbia
no auge de sua carreira com apenas 45 anos.


O ontem e o hoje do Tango


Ontem, todas as orquestras de baile tocavam tango, pois até nos Táxi-Dances ele era solicitado. O salão de baile que se prezasse, não deixava de lado este ritmo. Além do que, tínhamos tanguerias, ou seja, lugares onde entrava tango todas as noites. Não confundir com milongas, práticas ou bailes semanais. Existiam em atividade só na Cidade de São Paulo, 25 bandoneons e eram poucos para tantos lugares. Hoje devemos ter uns cinco e a maioria não tem trabalho, na maior parte da semana.

dancers

 

Cinco estações de rádio tinham no mínimo dois programas diários de Tangos, hoje apenas aos Sábados na Rádio Trianon, o tango está tendo seu espaço. Após o "Tango da Meia Noite" no Vale do Anhangabaú, as últimas tanguerias que aqui existiram, foram; Garufa, na Amaral Gurgel, de Carlos Esteves, Mi Buenos Aires Querido, esquina da Duque de Caxias, do Amaral, e Tango Bolero & Cia, na Gerônimo da Veiga, de minha propriedade. Não devemos esquecer do Bar Brahma, que mantinha uma Típica exclusiva, e o tango era tradição da casa.

 

Piazolla
Astor Piazolla
Nasceu em Mar del Plata 11- 03 1921 e morreu em
04 -07-1992 aos 71 anos em Buenos Aires
Bandeonista e compositor de tangos

Nesta época muitas confeitarias casas de chá, cafés, cantinas, tinham conjuntos permanentes de tango. Muitos destes lugares, a música era executada com piano e violinos. Na memória ainda me vem, o Zais e o Avenida Club, que tocavam tangos todas as Sextas e Sábados e as vezes as Quintas. Um fato novo: Surgiram umas Parrillas, com música ao vivo, porém a maioria voltada apenas para shows, onde o público é expectador,
A dança: Ontem, todos os dançarinos viajavam dançando Tango, pois entendiam o significado de seus acordes e letras, assim amavam e conheciam tudo sobre o que faziam.
Hoje: Os jovens, aprendem tango (Balé) mecânicamente nas academias, com a intenção na maioria das vezes, ganhar algum dinheiro como Personais-Dancers ou fazer algum "Show".
Esqueceram ou nunca souberam, que o tango se dança com a alma e o coração.

Texto Walter Manna

Apoio La Cabaña Parrilla e Restaurante Argentinho - 5054.1480 / 5052.7612
Av. Moema, 218 - (esquina com Rua Maracatins) - Moema - São Paulo-SP - Mapa Google aqui


Logo La Cabana

Matéria com apoio da "La Cabaña" que oferece tango ao vivo
clique aqui para mais informações


Release La Cabaña Parrilla Argentina